Ivorá: UFSM realiza levantamento de fauna no Monte Grappa

A quinta-feira, dia 28, foi de trabalho de campo para professores da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e para a equipe do Geoparque Quarta Colônia – Aspirante Unesco no território. O grupo realizou uma trilha no Parque Natural Municipal Monte Grappa, município de Ivorá.

Os docentes trabalharam em um levantamento de fauna para o estudo que compõe o Plano de Manejo do espaço. O trabalho foi conduzido pela professora do Departamento de Ensino do Colégio Politécnico e integrante do Núcleo de Estudos em Áreas Protegidas (NEAP-UFSM), Suzane Marcuzzo.
A comitiva contou também com a professora do Departamento de Zootecnia e Ciências Biológicas da Universidade Federal de Santa Maria (Campus Frederico Westphalen), Vanessa Fortes, junto do professor do Departamento de Zootecnia da UFSM, Everton Behr e da professora do curso de Tecnologia em Gestão Ambiental, Marlise Krüger. 

O levantamento de fauna faz parte de uma série de trabalhos realizados para compor o Plano de Manejo, que inclui, ainda, audiência pública sobre o Parque. 

A equipe do Geoparque, composta pela diretora, Jaciele Sell, a vice-diretora, Michele Vestena e o assistente administrativo, Leandro Gabbi, acompanhou o levantamento e efetuou uma vistoria técnica da sinalização do local, que deverá receber visita dos avaliadores da Unesco nos próximos meses.  

O Monte Grappa é um dos geossítios do território da Quarta Colônia. Tem altitude próxima aos 465 metros e possui o mesmo nome de um famoso monte na Itália. No local, há percursos de trilhas e escaladas com diferentes níveis de dificuldade que permitem contato direto com as belezas naturais. Outro destaque é a trilha de peregrinação católica, que conta com 15 capitéis ao longo de 1.126 metros de caminhada. O percurso termina em um mirante, do qual é possível ver o vale do Rio Mello e a geomorfologia que compõe a paisagem da região. 

Visitas técnicas

A última semana teve a segunda rodada de visitas técnicas aos geossítios do território, iniciada ainda no dia 20. Na segunda-feira, 25, a comissão do Geoparque Quarta Colônia Aspirante UNESCO responsável pela recepção da turma de avaliadores da agência especializada das Nações Unidas, esteve nos municípios de São João do Polêsine, Restinga Sêca, Agudo, Dona Francisca, Pinhal Grande, e Nova Palma. 

O professor Ezequiel Redin, vinculado ao Colégio Politécnico da UFSM e ao Programa de Pós-graduação em Estudos Rurais da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM-Diamantina, MG), exaltou o trabalho. “Essa iniciativa da Quarta Colônia em buscar ascender ao Geoparque Mundial da UNESCO é louvável uma vez que potencializa ainda mais as ações do território, valorizando a geologia, a história, a cultura, a natureza e o desenvolvimento econômico. Aliado a isso, essa mobilização coletiva insere o meio rural da Quarta Colônia como referência em desenvolvimento rural sustentável em nível mundial”. 

Fonte: Geoparque Quarta Colônia – Aspirante Unesco

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+

Rádio Integração FM 98,5

Rua Augusto Rossi, 316
Restinga Sêca/RS

Fone/Fax: (55) 3261 1030  |  3261.1270  |  3261 1707

radio-integracao@hotmail.com