FETAG-RS reúne mais de 12 mil agricultores no 9º Grito de Alerta

Misto de revolta e indignação. Foi assim que o 9º Grito de Alerta marcou a história do Movimento Sindical. Com mais de 12 mil agricultores familiares na cidade de Santa Cruz do Sul, a FETAG-RS e os 319 Sindicatos de Trabalhadores Rurais mobilizaram a classe para reivindicar a valorização da agricultura familiar, a garantia de direitos, criação e manutenção de políticas públicas, contra a perda de direitos na reforma da previdência e a favor da auditoria da dívida pública.
Iniciando no Parque de Exposições da Oktoberfest por volta das 8h da manhã os agricultores começaram a chegar. Oriundos de todos os recantos do estado vieram para unir sua voz e chamar a atenção do governo estadual e federal. Próximo às 10h da manhã, a multidão saiu em caminhada pelo centro da cidade, puxados por uma ala de tratores e carroças de tração animal, a mobilização fez sua primeira parada em frente ao Sinditabaco. Entidade já havia recebido a comissão na terça-feira, dia 14, e recebido a pauta para a valorização da produção de fumo.
A segunda parada aconteceu em frente ao Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Em reunião com o Banco do Brasil a primeira notícia positiva da força do Grito de Alerta foi recebida. O gerente da entidade anunciou que disponibilizarão 50 milhões para acesso dos agricultores ao PRONAF Mais Alimento.
Ao meio-dia, em frente ao INSS, o ato mais forte aconteceu, com uma mística da juventude e das mulheres rurais mostrando que a categoria não deixará que o governo tire os direitos.

Na assembleia de encaminhamento da mobilização, o presidente da FETAG-RS, Carlos Joel da Silva fez o anúncio da audiência obtida em Brasília. Durante esta quarta-feira, dia 15, em Brasília, uma comissão de representação da FETAG-RS acompanhado do deputado Heitor Schuch e da CONTAG, realizaram audiência com o presidente da comissão especial da PEC 06/2019 – Dep. Federal Marcelo Ramos. Na oportunidade o presidente Marcelo garantiu que os rurais, o BPC, a Desconstitucionalização e a Capitalização ficarão fora da reforma.
O presidente da FETAG-RS – Carlos Joel afirma que “O Grito de Alerta já surtiu efeito! O presidente da comissão especial da PEC 06 anunciou que estamos fora da reforma. Contudo, é necessário compreender que ainda precisamos garantir o voto dos 171 deputados favoráveis à emenda na PEC.”
Carlos Joel ainda comunicou que o Grito de Alerta ecoou em Brasília: “Conseguimos agendar uma reunião com o presidente da Câmara dos Deputados – Rodrigo Maia para quinta-feira, dia 16, às 15h, para tratar sobre a reforma da previdência para os rurais.” Ainda, garantiu a vinda do Secretário da Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Fernando Schwanke, no dia 17 de maio, na sede da FETAG-RS, para discutir o próximo Plano Safra.
“O Grito de Alerta cumpriu seu papel! Sentimos a emoção dos agricultores familiares que estiveram na mobilização e mostraram para a sociedade sua voz e sua força e ainda, definiram em assembleia que se não forem atendidas as reivindicações, estão prontos para novas mobilizações no estado e em Brasília. Fizemos uma mobilização que vai ficar na história do movimento sindical” completa Carlos Joel.

Fotos e texto: Fetag

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Rádio Integração FM 98,5
Rua Augusto Rossi, 316
Restinga Sêca/RS

Fone/Fax: (55) 3261.1030 | 3261.1270 | 3261.1707
E-mail: radio-integracao@hotmail.com