IGP realiza levantamentos periciais em Restinga Sêca

Foto: Polícia Civil

Profissionais do Instituto Geral de Perícias (IGP) estiveram na tarde desta segunda-feira, dia 10, realizando levantamentos periciais em Restinga Sêca. Ação contou com o apoio da Polícia Civil e Brigada Militar.

Segundo informações da Delegacia de Polícia, foram realizadas perícias relacionadas com três casos ocorridos neste ano, sendo um homicídio ocorrido no dia 23 de março, uma Maria da Penha e tentativa de incêndio no dia 11 de agosto e uma por disparos de arma de fogo contra uma residência ocorrida no dia 24 de novembro.

Com duas perícias solicitadas pelo Poder Judiciário e uma pela delegada de Restinga Sêca, Elizabete Shimomura, foram realizados pelos peritos o levantamento de provas periciais e topofotográficos que serão anexados aos processos.

Relembre os fatos

Caso 1

Uma briga entre dois homens, ocorrida no final da tarde de sexta-feira, 23 de março, em Restinga Sêca, deixou uma vítima. O fato ocorreu na Rua Luiz Vieira da Cunha, entre o Bairro São Luiz e a Vila Pelizáro.

Segunda a ocorrência, a Brigada Militar foi acionada por volta das 20h35min para conter uma briga em via pública. Chegando ao local informado, os policiais encontraram um dos homens caído no chão e agonizando em razão das lesões.

Conforme testemunhas, ambos os envolvidos resultaram com diversos ferimentos, sendo que um deles, Jânio Élbio da Silva Oriqueis, de 52 anos, sofreu diversas perfurações com golpes de faca e foi encaminhado ao Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM). Ele não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Ainda segundo a Brigada Militar, o suspeito de ter praticado o crime foi encaminhado ao Hospital de Caridade São Francisco de Restinga Sêca para atendimento médico, onde ficou em observação. Quando recebeu alta, por volta das 7h deste sábado, 24, deslocou-se até sua residência e constatou que ela havia sido arrombada e que diversos objetos foram furtados.

O motivo da briga não foi informado pelo polícia. Todos os fatos foram registrados na Polícia Civil que irá investigar o crime.

Caso 2

Brigada Militar e a Polícia Civil de Restinga Sêca prenderam por volta das 21h de sábado, dia 11 de agosto, um homem de 33 anos por Maria da Penha. Segundo a polícia, o indivíduo estava em prisão domiciliar e era monitorado por tornozeleira eletrônica quando ameaçou a mãe, momento em que começou a destruir a residência localizada na Rua João Otto Friedrich, inclusive ateando fogo na cozinha. No momento da chegada da Brigada Militar ele tentou agredir os policiais, sendo contido e preso com o auxílio de vizinhos. Durante a condução do indivíduo para a Delegacia de Polícia, ele quebrou uma grade da viatura da Polícia Civil. Neste momento a delegada Elisabete Shimomura está registrando o flagrante, sendo o homem encaminhado posteriormente ao Presídio de Agudo.

Caso 3

Por volta da 00h05min da madrugada de sábado, dia 24 de novembro, a Brigada Militar atendeu uma ocorrência de disparo de arma de fogo contra uma residência localizada na Rua José Burmann, no Bairro São Luiz, em Restinga Sêca. Segundo a polícia, cinco homens chegaram em frente a casa e um deles efetuou disparos, quando os projéteis acertaram a parede e um sofá. No momento haviam sete pessoas no interior do imóvel, mas ninguém ficou ferido. Foi relatado aos policiais que a motivação seria um desentendimento ocorrido no dia anterior em virtude de o acusado dos disparos ter importunado sexualmente a irmã da vítima, que ao tirar satisfações foi ameaçado. A Brigada Militar realizou buscas na região e não localizou o suspeito de ter praticado os disparos. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Rádio Integração AM 1310 e Jornal Integração Regional
Rua Augusto Rossi, 316
Restinga Sêca/RS

Fone/Fax: (55) 3261.1030 | 3261.1270 | 3261.1707
E-mail: radio-integracao@hotmail.com | jornalintegra@hotmail.com

Jornal Deutsche Integration
Rua Germano Hentschke, 378
Agudo/RS

Fone: (55) 3265.2637
E-mail: jornalagudo@gmail.com