Capacitação Técnica Produtiva para famílias quilombolas em Formigueiro

O município de Formigueiro realizou, no dia 31 de agosto, um Dia de Campo na propriedade da quilombola, Telma Penteado, da comunidade Passo Dos Brum, com participação de mais de 70 pessoas. Ela recebe assistência técnica e extensão rural e social por meio do Projeto Piloto Anater Povos e Comunidades Tradicionais e é beneficiária do Programa Fomento às Atividades Produtivas Rurais (PBSM), sendo através desta Política Pública, que recebeu o valor de R$ 2.400,00, em duas parcelas. Outras 62 famílias do município são beneficiadas também.

Este valor foi investido na propriedade, a fim de gerar renda para a família e melhorar as condições básicas e essenciais da mesma. Telma investiu o valor na compra de equipamentos e utensílios necessários para fazer seus produtos de panificação, construiu um galinheiro e comprou um suíno.

Nas estações do Dia de Campo foram tratados os temas: Horta Doméstica, Pomar Doméstico, Saneamento Básico, Alimentação Saudável e aproveitamento integral dos alimentos, sendo conduzidas pelos extensionistas do Escritório Municipal, Abel Dias, Jairo Marques e Neusa Pires, com apoio da Assistente Administrativa Tania Maier.

A assistente Técnica Estadual (ATE), Regina Miranda, abordou o tema A importância das políticas públicas como o Programa Fomento às Atividades Produtivas Rurais e Projeto Piloto Anater, para o desenvolvimento rural, além de socializar e   conduzir uma avaliação, ouvindo os beneficiários.

Telma afirmou que esse valor chegou na hora certa. “E eu aproveitei muito bem, mudou minha casa, minha vida, alimentação”. Ela ampliou a produção de bolachas e biscoitos, passou a participar da Feira da Agricultura Familiar, onde comercializa seus “quitutes”, panificados, e hoje sonha em ter uma padaria e organizar um espaço para servir café, pois vislumbra uma possibilidade de agregar renda, tendo em vista que ouve das amigas que na localidade não tem um lugar para irem, conversar, se distrair.

“Gostei da mudança, é bom ter o ‘troco’ da gente. Melhorou um pouco a minha renda e ainda participo da Feira”, disse Rosalilia Moreira Pontes, que pretende ampliar sua criação de frangos. Já a beneficiária Rutiele da Silva Vanes relata que aperfeiçoou seu talento de manicure, melhorou a renda, com o investimento feito, hoje trabalha como manicure e também vende pizzas.

Luciane da Silva Soares afirma que também participa da feira. “Vendo panificados e o biscoito de cachaça é o produto mais vendido”. Ela sonha ainda em ampliar o espaço de trabalho e melhorar cada vez mais. Já Alexandre Brum dos Santos disse que reduziu bastante os custos com a compra de alimentos no mercado, pois aumentou a produção, de carne e ovos por exemplo. Ele aplicou o recurso no cultivo de milho e na compra de uma motosserra.

Prestigiaram o evento a gerente regional da Emater/RS-Ascar, Regina Hernandes, a Supervisora, Auria Schroder e o Assistente Técnico Regional (ATER), Francisco Palermo.

 

Fonte: Emater-RS

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Rádio Integração FM 98,5
Rua Augusto Rossi, 316
Restinga Sêca/RS

Fone/Fax: (55) 3261.1030 | 3261.1270 | 3261.1707
E-mail: radio-integracao@hotmail.com